Prepare o seu jantar de São Martinho

São Martinho, lume, castanhas e vinho

Com a chegada do Outono e do tempo frio comemora-se em Novembro, mais propriamente no dia 11, em Portugal o Dia de São Martinho. E mais uma vez este ano a tradição manda que neste dia se festeje com castanhas, água-pé, jeropiga e uma fogueira para saltar e muito convívio, por isso no post de hoje vou lhe dar umas ideias para que prepare o seu jantar de São Martinho e divirta-se juntamente com os que mais gosta. Poderá no fim de semana em que se celebra a data viajar até aos locais onde a tradição é mais marcada e porque não reservar um hotel charmoso e celebrar esta data?

Para que prepare o seu jantar De São Martinho, necessita de saber que este dia está ligado a uma lenda. Reza que num dia de muito frio e chuva, Martinho, um soldado romano, seguia no seu cavalo quando no seu caminho encontrou um mendigo tremendo de frio. Martinho sem nada para lhe dar, pegou na sua espada e cortou um manto que trazia ao meio, cobrindo o mendigo com uma das partes. Martinho seguiu assim a sua viagem sem nada que o protegesse do frio, segundo a lenda, nesse momento, as nuvens negras desapareceram e o sol apareceu e o bom tempo fez-se sentir por três dias. É daí que vem a expressão “verão de São Martinho” e está ligada À crença de que por esta altura o tempo tende a melhorar nos dias que antecedem à data de São Martinho.

Em Portugal no dia de São Martinho é tradição fazer-se um grande magusto, beber água- pé e jeropiga. É nesta altura que se prova o vinho novo que foi produzido com a colheita do ano anterior.

O magusto por sua vez é uma celebração que varia consoante as tradições de cada região em Portugal, onde em convívio com amigos ou familiares juntam-se à volta de uma fogueira onde se assam castanhas, fazem-se brincadeiras e cantam-se cantigas.

Estas celebrações ocorrem não só em Portugal, mas também na Galiza e nas Astúrias com o nome de “magosto”.

Agora que já sabe o propósito desta tradição, que tal preparar um jantar de São Martinho? Ás vezes gostamos mais de estar num ambiente mais intimo. Para isso preparei-lhe umas ideias de receitas que poderá fazer para o seu Jantar de São Martinho e impressionar todos.

No Outono preferimos sempre pratos mais acolhedores e de preferência que sejam preparados no forno. Por isso tenho 3 ideias de receitas que poderá fazer em forno normal e se tiver um de lenha, melhor.

Bacalhau de Natas

Ingredientes

(para 4 pessoas se for receber mais pessoas é só adaptar as quantidades)

  • 4 postas de bacalhau demolhado
  • 1 kg de batata cortada aos cubinhos
  • 2 cebolas médias cortadas em meia-lua
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 folha de louro
  • 125 ml de azeite
  • 40g manteiga
  • 40g de farinha
  • 250 ml de leite
  • 250 ml de natas
  • Sal q.b
  • Noz-moscada q.b
  • Pimenta q.b

Modo de preparo:

Numa panela com água coza o bacalhau por 5 minutos, quando terminar retire o bacalhau para uma travessa e deixe arrefecer.

Reserve 200 ml de água para cozer o bacalhau para fazer o molho béchamel. Quando estiver frio limpe o bacalhau das suas peles e espinhas e desfie-o.

Frite as batatas em óleo quente e depois coloque-as num tabuleiro com papel absorvente.

Num tacho leve ao lume a manteiga e deixe aquecer, junte a farinha e mexa muito bem. Enquanto mexe, adicione aos poucos a água que cozeu o bacalhau, o leite e as natas. Quando começar a ferver, tempere de sal, pimenta, noz-moscada e umas gotinhas de limão. Mexa e apague o lume.

Num outro tacho, leve ao lume azeite, as cebolas e os alhos picados com a folha de loure. Mexa e deixe refogar. Quando vir que a cebola está loirinha é só juntar o bacalhau e mexer, deixando refogar um pouco. Depois retire a folha de loure, junte a batata frita e envolva bem, junte 2/3 do molho béchamel e mexa bem. Apague o lume.

Pincele um tabuleiro com azeite, coloque o preparado do bacalhau e espalhe bem. Por cima é só espalhar o resto do molho. No fim se gostar pode polvilhar com queijo ralado.

Agora só terá de levar ao forno pré-aquecido a 220º entre 15 a 20 minutos.

Feijoada assada no forno

Esta receita é muito típica para quem vive nos Açores, muito semelhante à feijoada de Portugal Continental mas a diferença é que vai ao forno.

Ingredientes:

  • Bacon
  • Chouriço
  • Entrecosto q.b
  • Feijão
  • 2 cebolas grandes
  • 5 dentes de alho
  • Azeite q.b
  • 6 baguinhas de pimenta da Jamaica
  • 2 folhas de louro
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • Sal q.b

Preparação

Numa panela cozem-se as carnes em água com um punhado de sal. À parte coze-se o feijão sem sal e vai se acrescentando umas conchas de água que cozeu a carne. Não é preciso que coza demasiado o feijão e as carnes. Depois de cozidas, cortam-se as carnes e reserva-se. A seguir faz-se um refogado com o azeite, as cebolas e os alhos picados, acrescente a pimenta da Jamaica, o louro e a polpa de tomate e deixe refogar mais um pouco. Depois é só juntar os bocadinhos de carne e o feijão com um pouco da cozedura das carnes. Se necessário rectifique o sal. Leve ao lume sem deixar ferver e depois é só colocar num recipiente para ir ao forno até evaporar um pouco o molho.

Se estiver por São Miguel pela zona das Furnas, pode optar por fazê-la na caldeira como foi feito aqui. Para aqueles que não sabem como lá chegar, há companhias com voos que têm os melhores preços para lá chegar.

Arroz de Pato

Ingredientes

  • 1 pato
  • 2 cubos de caldo de galinha
  • 150g de presunto
  • 1 chouriço
  • q.b Pimenta

Preparação:

Coza o pato com o presunto e o chouriço num caldo feito dos cubos de galinha, quando estiver cozido retire-os. Coe a gordura e adicione ao caldo sumo de limão e pimenta. Depois é só juntar ao arroz e quando levantar fervura levar ao forno. Quando estiver quase seco, meta o pato desfiado no arroz e enfeite com rodelas de chouriço e bocadinhos de presunto. Volta ao forno para tostar.

Como sobremesa sugiro que veja esta tarte de chocolate e castanhas. Não se esqueça de acompanhar todas estas refeições com um bom vinho como manda a tradição. E não se esqueça de cozer as suas castanhas, pode fazê-as assadas ou cozidas.

Se necessita de algum utensílio, quer seja para decorar o seu jantar, ou usar  para a preparação de um dos pratos sugiro que passe na loja LightInTheBox

O que costuma fazer no dia de São Martinho? Que tradições são típicas na sua região?

Se gostou deste artigo e se pretende viajar por esta altura sugiro que espreite o artigo Viagem à Ilha Verde: Descobrindo São Miguel e se lhe sobrou algo deste jantar pode sempre aproveitar o artigo de Como economizar aproveitando comidas que sobram.

Published by