Termas no Porto e no Norte de Portugal

Termas no Porto e no Norte de Portugal

A região do Porto e do Norte é particularmente rico em termas, com águas que brotam da terra, por vezes,em altas temperaturas e cujos efeitos terapêuticos são bem conhecidos.

Em alguns casos, os seus benefícios são conhecidos desde os tempos antigos, como nas Termas de Caldelas, São Vicente, Taipas ou em Chaves, que é nomeado após o imperador romano Flavius Vespasian e as suas legiões, que já usavam estas fontes naturais de bem-estar há 2.000 anos. Outras águas são conhecidas desde a Idade Média, como a Caldas da Saúde e Caldas de Aregos.

As estadias quentes ainda baseiam os seus programas nas propriedades minerais da água. Porém, hoje em dia, também oferecem programas de saúde e bem-estar complementares que são destinados para fins muito diferentes. Através de chuveiros, banhos, massagens e muitas outras técnicas actuais, encontramos programas de relaxamento, tratamentos revitalizantes, estética e muitos outros, de curta ou longa duração, que visam reequilibrar o corpo e a mente nestas instalações modernas. Com excelente clima durante todo o ano, são lugares para descanso e relaxamento, promover a saúde e melhorar a qualidade de vida.

Além disso, estes estabelecimentos estão localizados em ambientes naturais de grande inspiração e beleza, que transmitem paz e tranquilidade. Basta mencionar as várias fontes termais existentes no Minho Verde, especialmente no Parque Nacional da Peneda-Gerês, onde a flora e fauna nos ajuda a que nos embriaguemos com a frescura e a beleza. Aqui podemos ver cavalos selvagens e costumes tradicionais que nos fazem voltar no tempo e mergulhar na natureza.

Muitas destas termas são de famosos resorts, com alguns séculos de idade, mas perfeitamente renovado. Outros com spas modernos, associados a nomes de destaque da arquitectura mundial, como Siza Vieira em Termas de Pedras Salgadas e o Spa em Vidago. Outros têm parques naturais com vegetação rica e dispõem no seu entorno diversos elementos que enriquecem a sua estadia, desde passeios a monumentos a um campo de golfe com 18 buracos, como é o caso de Vidago.

Uma grande parte é adjacente aos rios que trazem um toque colorido e complementam os momentos de prazer. O Duero é o caso, um cenário com uma paisagem catalogada Património Mundial da UNESCO. Ou ficar perto de cidades cujos centros históricos merecem uma visita, incluindo Guimarães e o Porto, também catalogados como Património Mundial.

No total, nesta região encontramos quase duas dúzias de termas quentes para quem procura um programa holístico ou um programa específico de acordo com as características minerais da agua de cada terma. Enquadrada e complementada por aromas e sabores campo, nestas podemos mergulhar em ambientes naturais puros, verdadeiros paraísos que nos ajudam a restaurar a harmonia e vitalidade.

Published by